• Bruno Machado

6 ferramentas digitais básicas contra o Covid-19



Como implementar ações práticas para fazer o básico de maneira brilhante durante a crise?


Por mais habilitada que a sua organização estivesse para operar remotamente, imagino que mover 100% dos funcionários para o home office da noite para o dia não tenha sido tarefa fácil.


Inclusive algumas empresas seguem operando com parte da força de trabalho no escritório, justamente pela impossibilidade de fazê-lo.


O objetivo deste texto é compartilhar algumas ferramentas que utilizei para apoiar a empresa de saúde em que trabalho nos desafios para operar remotamente e seguir atendendo aos clientes com qualidade, agilidade e compaixão.


As ferramentas que vou listar foram implementadas para as seguintes tarefas: Produção de vídeos para clientes e colaboradores, triagem dos sintomas do Covid-19, cadastro de profissionais médicos para a ampliação do serviço de telemedicina e envio de atestados de trabalho para assegurar que nossas equipes assistenciais pudessem se mover pela cidade.


Independentemente do segmento da sua empresa, acredito que essas sugestões possam ainda ser úteis à medida que desafios operacionais adicionais vão surgindo em decorrência de novas medidas governamentais e o avanço de casos.

São elas:


1. Elaboração de vídeos (Microsoft Powerpoint + iMove): Utilizei o PowerPoint para gerar slides com animações que foram exportadas para o formato de vídeo mp4. O objetivo era gerar um informativo que pudesse ser compartilhado pelo WhatsApp e mídias digitais sobre os serviços que o cliente poderia solicitar digitalmente, reforçando a orientação de permanecer em casa. O iMove foi usado em um segundo momento para inclusão de som no arquivo mp4.


2. Perguntas e respostas (Landbot.io): O Landbot.io pode ser usado para uma série de fluxo de comunicação de baixa interação. Bots mais elaborados também são possíveis, porém, devido a urgência, optamos por um bot que basicamente seguia o protocolo clínico para triagem de pacientes que realmente inspirariam cuidados e que deveriam procurar o serviço médico de urgência. Em menos de 12 horas, mais de 1.200 atendimentos foram realizados.


3. Formulários de cadastro (Google Forms): Ao levar ou expandir serviços para os canais digitais, normalmente é necessário recrutar profissionais para atuarem nestes novos canais. Utilizamos o Google Forms para ter um registro da disponibilidade de dias e horários de médicos para trabalharem na plataforma de telemedicina. Nesta ação, 32% do corpo clínico respondeu o formulário com a disponibilidade em menos de 12 horas.


4. Atestado de trabalho para trabalhadores em funções essenciais (Microsoft Word + Process Robot): Com as medidas restritivas de locomoção e de acesso ao transporte público, fez-se necessário emitir um documento atestando que o colaborador estava desempenhando uma atividade essencial e que, portanto, precisava estar fisicamente no trabalho. Utilizamos o recurso de mala direta do Microsoft Word e o Robot Process para salvar os arquivos em PDF e enviá-los por e-mail.


Espero que ferramentas acima possam ajudá-lo nessa missão tão nobre, em um momento tão delicado. #fiqueemcasa #fiquebem

Conteúdo de transformação digital, framework de transformação e estratégia digital.

  • Twitter
  • Branca Ícone Instagram