• Bruno Machado

O que eu aprendi no programa de transformação do MIT?

“Quem elegeu a busca não pode recusar a travessia” — Guimarães Rosa



No final de outubro de 2019, tive o privilégio de passar uma semana em Cambridge para um curso no MIT Sloan’s Center for Information Systems Research (CISR) sobre transformação digital.


O curso em que me inscrevi se chama Revitalizing Your Digital Business Model e o corpo docente é composto por professores que pesquisam sobre inovação digital, estratégia digital e transformação em grandes empresas ao redor do mundo há mais de uma década e possuem diversas publicações na área; como por exemplo a professora Jeanne Ross, pesquisadora chefe do CISR e coautora do livro Designed for Digital: How to Architect Your Business for Sustained Success.


A turma de alunos era composta por cerca de 60 pessoas de 22 nacionalidades distintas e com atuação nos mais diversos segmentos ao redor do mundo. No grupo de estudantes que estava na minha mesa, por exemplo, havia profissionais da indústria farmacêutica (AstraZeneca China), setor financeiro (Santander Espanha) e de consultoria de negócios (Accenture US).


A metodologia de ensino é baseada em leitura prévia de estudos de caso, aulas expositivas baseadas nos livros e pesquisas realizadas pelos professores do CISR e também em debates em sala acerca dos casos em análise ou de situações vivenciadas pelos estudantes em suas empresas.


Pra mim, os aspectos que justificariam o investimento em cursos como esse são justamente a possibilidade de troca direta com os colegas e o acesso aos professores autores dos livros referência na área. Para se ter uma ideia, a nossa turma foi convidada pela professora Jeanne para o lançamento de seu livro e recebemos um exemplar assinado por ela e seus coautores. Neste mesmo evento tive a oportunidade de conversar com o professor Nils Fonstad. Isto não é algo extraordinário?


Além disto, o conteúdo do curso é excepcional, repleto de cases de implementação e frameworks para estruturação dos programas de transformação. Os livros e artigos tratados durante o curso são extremamente valiosos e recomendo fortemente a leitura, principalmente dos materiais dos professores Dr. Nick van der Meulen, Dr. Nils Olaya Fonstad e Dr. Barbara Wixom.


Contudo, considero que o investimento no curso é algo a ser ponderado diante de opções como eventos de tecnologia (Collision ou Web Summit), cursos online (inclusive do próprio MIT) e a abundância de conteúdo (Vídeos, artigos e livros). Investir US$ 3.900 em um curso de dois dias não é uma decisão fácil, sobretudo com a atual taxa câmbio.


Por tudo isso, avalio que a experiência de estar no MIT com professores tão renomados, ainda que por apenas dois dias e requerendo um investimento relevante, é algo marcante e vale ser considerado. A minha decisão foi de estar, ao menos uma vez, em um centro de referência na área em que escolhi atuar, algo como “beber diretamente da fonte”, para ganhar confiança e ampliar o meu repertório.


Em resumo, desafio a todos a seguirem em suas trajetórias de desenvolvimento com uma frase do Guimarães Rosa — “Quem elegeu a busca não pode recusar a travessia”.


Que sigamos firmes em nossa jornada de transformação!

7 visualizações

Conteúdo de transformação digital, framework de transformação e estratégia digital.

  • Twitter
  • Branca Ícone Instagram