• Bruno Machado

Troquei 10 km por 100 páginas!

Aceite a sua realidade e lide com ela — Ray Dalio



Com as medidas de isolamento social impostas em função da pandemia do COVID-19, muitas pessoas se viram com dificuldades ou mesmo impedidas de manterem suas rotinas de corrida de rua.


Para muitos, assim como eu, a corrida também funcionava como uma espécie de terapia — Um momento mágico, de extrema paz e reflexão tendo como um benefício adicional a manutenção da forma e condicionamento físicos.


Como então evitar que a interrupção momentânea dessa rotina saudável seja substituída por algo negativo, como consumo de bebidas alcoólicas ou mesmo horas improdutivas em frente da televisão?


A minha resposta foi trocar cada quilômetro percorrido por dez páginas de um livro.


Essa pode parecer uma troca completamente desconexa, porém fez com que eu automaticamente associasse as páginas a serem lidas aos trechos do percurso de 10 quilômetros que faço regularmente.


A cada página lida era como se eu tivesse dado mais alguns passos, atingindo os quilômetros equivalentes e a memória visual do percurso alimentava a minha leitura.


Assim como na corrida, eu estabeleci uma meta: 100 páginas de leitura por dia até o dia 7 de abril, dia em que a quarentena tem previsão de término em São Paulo e também meu aniversário.


Comecei este desafio no dia 22 de março e portanto serão 17 dias, totalizando 1.700 páginas lidas no período ou 170 km imaginários. Ao somar este montante com o que já tenho nas corridas de rua este ano, terei chegado ao total de 600 km percorridos, parte deles através dos livros e parte pela corrida!


Comecei com o livro Princípios, escrito por Ray Dalio — investidor, filantropo e fundador da lendária firma de investimentos Bridgewater.


E você, qual rotina saudável se viu obrigado a suspender? Qual nova rotina irá incorporar?

#Fiquebem #Fiqueemcasa

5 visualizações

Conteúdo de transformação digital, framework de transformação e estratégia digital.

  • Twitter
  • Branca Ícone Instagram